Nos anos 50, Alex Moulton desenvolveu uma pequena bicicleta em aço, com suspensão frontal e traseira inspirada nos sistemas de molas que ele próprio desenvolveu para o automóvel desenhado pelo seu amigo Alex Issigonis, o Mini.

Além do quadro robusto que era separável, a outra grande característica eram as pequenas rodas (na altura 16" - 349mm) com pneus de alta pressão. Esta combinação de menor resistência e menor arrasto aerodinâmico permitia que a bicicleta fosse muito rápida com menos esforço.

A distância entre eixos também é maior do que a maioria das bicicletas de corrida.

SPACE-FRAME

Em 1977 começou a desenvolver um novo quadro o "space-frame" muito mais leve e moderno, que mantém até aos dias de hoje, tendo sido usado inclusive em provas oficiais sendo vencedor de diversos prémios. Estas bicicletas são também muito procuradas para ciclo-turismo.

Dependendo do modelo, os quadros Space são construídos com tubagens Reynolds 953, Reynolds 525, NiCrMo e Columbus e são usadas rodas 17" (369mm) ou 20"(406mm)

Suspensão Única

A suspensão de bicicletas Moulton foi desenvolvida continuamente durante mais de 40 anos, constantemente aperfeiçoada para maximizar o conforto e a eficiência do ciclista. A suspensão Hydrolastic ® da Moulton New Series possui uma mola de borracha com amortecimento hidráulico ajustável. O sistema de suspensão dianteira Flexitor ® utiliza borracha em torção, dispensando a necessidade de lubrificação, desgaste e atrito.

Space-Frame rígido

A rigidez da estrutura da bicicleta é um elemento-chave do desempenho. A rigidez lateral é vital porque grande parte da energia gasta pelo ciclista perde-se na flexibilidade do quadro. O Space-Frame é composto por tubos de pequeno diâmetro, o que o torna muito mais rígido do que um quadro de diamante convencional. Permite que seja adaptada a qualquer tamanho. O reduzido peso e a alta rigidez contribuem para uma condução divertida e incrivelmente eficiente.

Separável e Adaptável

As bicicletas Moulton são muito compactas. São quadros separáveis ​​para armazenamento ou transporte. Essa separabilidade não introduz nenhum compromisso além de um pouco de peso extra; não há perda de rigidez nem de qualidade de condução. Quando desmontadas, as duas metades de uma Moulton encaixam-se facilmente no porta-malas de um carro ou mala de viagem. 

As novas Moulton dividem-se em cinco partes para um transporte ainda mais compacto, especialmente útil para viagens de avião. 

Construção de alta qualidade

A estrutura e as forquetas da Moulton são feitos à mão no Reino Unido por uma pequena equipa de artesãos altamente qualificados. A sua construção única exige moles e acessórios especiais projectados e feitos por eles, assim como os sistemas de suspensão. São bicicletas projectadas para durarem. A valorização de uma Moulton é actualmente a mais alta nos mercados de usados/coleccionismo.

Em Lisboa somos um ponto de venda e assistência técnica Moulton, em contacto permanente com a marca.